Só mais uns metros…


As capacidades das pessoas nunca param de me surpreender. Basta que algo lhes faça algum tipo de “click”, que acreditam, mesmo temporariamente, que são capazes de tudo, quando segundos antes acreditavam estar no limite e quase a desfalecer.

Nos meus treinos de corrida em grupo, com o grupo Correr Lisboa, assisto quase diariamente ao poder do cérebro sobre o corpo.
Quem nunca viu alguém a fazer o seu exercício, o seu treino e subitamente dizer “não aguento mais”? Por vezes é a forma que está em baixo, noutras até o esforço mal gerido, ou até a vida que está numa fase má. A desmotivação surge, dizemos que não aguentamos mais e não há nada a fazer. Ou haverá?

Todos nós dizemos diariamente coisas a nós próprios, quer sejam verdade quer não. Por vezes dizemos que estamos gordos e feios, quando nos vemos ao espelho, apenas porque temos um ligeiro e natural pneu na barriga. Por vezes dizemos que somos fracos e não seremos capazes de vencer na vida, só porque nos lembramos de episódios menos felizes do passado.
Chamam-se afirmações e são muito poderosas. Tanta vez dizemos a nós próprios uma coisa, que acabamos por acreditar.
Infelizmente afirmamos negativismos a nós próprios a toda a hora, por inúmeras razões. Mas cabe a nós mudar isso. Não só para nós mas também para os outros.

Sugiro que afirmemos que somos capazes, que nascemos todos iguais, que se lutarmos por algo, eventualmente conseguiremos.
Claro que alguns objectivos estarão mais longe do que outros, mas podemos começar por alguns mais próximos de atingir, para nos mantermos motivados a continuar a onda positiva.

Quando estou nos meus treinos de corrida e vejo alguém a respirar no limite, dou sempre uma palavra motivadora e positiva e construtiva, ou até mesmo uma sugestão para orientar no que deverá ser feito para não se desistir. Não é tanto pelo exercício em si, mas mais porque ao começar essa atitude lutadora e positiva em algo tão pequeno como um treino, ganhamos o hábito de passar essa atitude para tudo na nossa vida.
E que bem que sabe ver alguém a aguentar uma subida enorme, quando a meio estavam de rastos, só com o poder das palavras, da sugestão. Vê-las a suar, de rastos mas a sorrir por terem feito a subida toda sempre a correr, sem andar.

Por isso, quando virem uma subida íngreme na vossa vida, preparem-se, respirem fundo para abrir os pulmões, façam a gestão do vosso próprio ritmo e vão à luta, pois após chegarem ao topo da subida sem parar de correr, ninguém vos irá tirar o sabor dessa vitória, ainda que pequena. Mas muitas pequenas vitórias mudam uma vida e tornam uma pessoa naturalmente positiva e vencedora.

“Vocês são capazes, o cérebro é que manda! Força, estamos todos juntos! Só mais uns metros…”

3 opiniões sobre “Só mais uns metros…”

  1. Adorei ler as tuas reflexões sobre um assunto que é tão importante . A motivação ! Tantas vezes senti e assisti a isso que aqui disseste. Parabéns , gostei de ler. Continua.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *